Archive for maio, 2013

SEACAM/Delcam demonstra CAM baseado em usinagem automatizada de características na FEIMAFE 2013

24 maio de 2013, por GrupoSEA

 

 

 

 

 

 

 

 

A Seacam vai apresentar na próxima feira FEIMAFE, no stand B49, nos dias 3 a 8 de Junho, os últimos avanços no desenvolvimento do software FeatureCAM da Delcam, o único produto CAM do mercado com reconhecimento de características geométricas com a subsequente geração automática do processo e programa completos para programação imediatata na máquina. O FeatureCAM da Delcam está orientado ao setores de produção seriada (fresamento 2 eixos e 1/2, torno, torno-fresa e electroerosão por fio).

A mais recente versão do FeatureCAM, 2013 R2, incorpora uma série de novas opções para o re-desbaste que reduzem os tempos de usinagem com aumentos de significativos produtividade, além de melhorar o acabamento da superfíce e reduzir desgaste de ferramentas. Esta nova versão inclui também novos métodos para a geração de folhas de setup no formato html, e melhorias para programação de tornos e tornos-fresa mais rápida e eficiente.

O FeatureCAM da Delcam tem também a capacidade de incorporar sequências de inspeção, com o uso de um apalpador, nos programas de usinagem para tornar mais fácil a verificação em máquina das operações de produção, através de rotinas de controle automatizados que podem ser efetuados antes, durante e após as usinagens que compõem o processo de fabricação da peça. Os programas de inspeção podem ser gerados para vários tipos de características geométricas: cavidades, cavidades com nervuras ou elementos internos; cantos internos ou externos; machos, furos com ou sem obstruções internas, machos radiais, e superfícies independentes. Todos os percursos com as rotinas de verificação/ inspeção são simulados e verificados no computador para evitar colisões tal como ocorre para os programas de usinagem.

Para maiores detalhes, incluindo vídeos com demonstração das novas funcionalidades, visite o nosso site www.delcam.tv/fc2013/lz/en/whats-new-videos-r2.html .

O FeatureCAM, quando lançado em 1995, foi o primeiro software CAM no mundo que introduziu o conceito de programação CNC baseada no reconhecimento automático de características geométricas com a geração automática do processo completo e os programas de usinagem de peças. Alguns programas CAM conseguem reconhecer características geométricas mas para cada uma delas o usuário terá que selecionar para as várias estratégias de usinagem os parâmetros de corte, as ferramentas de corte, etc. O FeatureCAM da Delcam possui inteligência de processo e por isso a geração dos programas completos ocorre de forma automática e de acordo com os recursos de usinagem de cada empresa. O desenvolvimento constante do FeatureCAM tem garantido que o produto mantenha a sua condição de líder em termos de facilidade de uso, automação e rapidez de programação de peças seriadas, mas ao mesmo tempo com um incremento no número de estratégias que garantem usinagens eficientes e melhorias de produtividade para uma grande variedade de maquinas.

Uma das novas funcionalidades está relacionada com o modelo que indentifica as sobras de material de uma operação para a seguinte, garantindo que o cálculo da usinagem tenha estas informações de tal forma que a ferramenta no seu percurso de corte nunca se depare com quantidades excessivas de material, e limitando também a profundidade máxima de corte em regiões com material não usinados. Este controles reduzem o desgaste das ferramentas evitando sobrecargas e melhoram o acabamento da superficie. Estes controles no programa funcionam com modelos importados no FeatureCAM, como no caso de pré-fundidos que requerem algum tipo de usinagem como por exemplo furações, assim como com modelos gerados/atualizados dentro do próprio FeatureCAM após cada cada operação de usinagem. Esta funcionalidade garante também a remoção automática de áreas dos percursos da usinagem nas regiões aonde a quantidade de material é desprezível ou inexistente resultando em tempos de máquina extremamente otimizados e eficientes.

O cálculo da usinagem de re-desbaste foi tornado ainda mais eficiente, com um novo controle de “detecção de sobre-metal superior a um valor determinado pelo usuário” o que garante que sobras de material abaixo desse valor limite sejam ignoradas. Isso evita que seja gerada a usinagem em regiões onde o benefício do corte sería insignificante ou ineficiente, como, por exemplo por cúspides resultantes da usinagem anterior.

Além disto, a fragmentação do percurso de usinagem e consequente movimentação da ferramenta no ar podem ser reduzidos através da especificação de um valor de espaço mínimo entre os movimentos de corte. Para qualquer intervalo abaixo do valor especificado é automáticamente gerada uma união, através de  um movimento tangencial, entre os segmentos do percurso. Desta forma a ferramenta de corte não se retrai da superfície da peça com um movimento no ar ineficiente.

A verificação de colisões em máquina está também mais abrangente nesta nova versão com a capacidade de identificar as garras de fixação e outros dispositivos eventualmente utilizados durante o processo de usinagem. Percursos de ferramenta são então gerados evitando esses obstáculos automaticamente.

Foram também implementadas diversas melhorias no módulo de torno, incluindo movimentos de entrada e saída mais suaves que reduzem as marcas quando se está efetuando a operação de torno de acabamento para peças de grandes diemensões, e também com a capacidade de especificar o ângulo ideal para retração da ferramenta em operações para usinar ranhuras garantindo um melhor acabamento superficial da peça.