Archive for abril, 2013

Grupo SEA/SeaCAM lança novas tecnologias durante Feira Feimafe 2013

19 abril de 2013, por GrupoSEA

O Grupo SEA aposta na recuperação do mercado brasileiro devido ao fortalecimento do dólar frente ao real; à continuidade das obras de infraestrutura; às novas medidas do governo, em especial ao regime Inovar-Auto que busca aumentar a competitividade da indústria automotiva nacional e sua cadeia produtiva; lança na Feira FEIMAFE 2013, principal evento de marketing para a empresa, os novos produtos de suas parceiras Delcam, 3D Systems e Aberlink.

 

A divisão SEACam em conjunto com a parceira inglesa Delcam Plc. estará apresentado a versão 2013 dos seus principais produtos, como: PowerMILLsoftware de CAM  líder mundial em usinagem em alta velocidade e 2, 3 e 5 eixos, PartMAKER R2 – software para programação avançada em torno suíço, em especial na fabricação de implantes médico e dentário, FeatureCAM R2 – software para usinagem automatizada de produção baseada em características do produto, entre vários outros produtos para o setor de Healthcare e Calçados.

 

Dois destaques da família de softwares CAM da Delcam: a mais nova e revolucionária estratégia VORTEX para a usinagem de desbaste. Desenvolvida e patenteada pela Delcam, estará sendo apresentada em primeira mão durante a feira na versão 2013 do software PowerMILL. A nova estratégia VORTEX produz usinagem muito mais eficiente, seguindo o contorno da geometria da peça e reduzindo ao máximo os movimentos da ferramenta no ar – particularmente importante para as operações de redesbaste.

A estratégia VORTEX está sendo implementada também no software  FeatureCAM, o único produto no mercado com reconhecimento de características geométricas e com a subsequente definição do processo e programação automática orientada a setores de produção seriada (fresamento 2 ½ eixos, torno, torno-fresa e eletro erosão a fio) e também no software PartMAKER, especialmente desenvolvido para a programação de máquinas CNC especializadas com Multi-eixos e Multi-tarefa, conhecidas como tornos tipo suíços e também orientado aos setores de produção seriada.

 

Destacamos também a nova versão do FeatureCAM 2013 R2 que inclui uma grande variedade de novas estratégias, importantes para usinagem de desbaste e para operações de corte em máquinas torno-fresa, além de um conjunto de desenvolvimentos que aceleram ainda mais o tempo dos cálculos na geração das trajetórias de usinagem. Alguns destes softwares de CAM estarão sendo expostos em parceiros como Mitsui, Citizen, Ergomat e Vitor Ciola.

A divisão SeaPROTÓTIPOS e a parceira americana 3D Systems, lançam a nova geração de equipamentos de impressão 3D profissional ProJet 3510 e a linha pessoal CUBE. A nova família da Projet 3510 conta com significativas melhorias em relação à qualidade, rapidez e economia, bem como novo design e novos materiais, como por exemploVisiJet X, plástico com visual, textura e desempenho semelhante a peças injetadas em ABS. Este material aliado a altíssima precisão dos equipamentos é ideal para prototipagem, mockups de produto ou mesmo aplicação final.   

As impressoras 3D Projet 3510 oferecem novos níveis de desempenho com revolucionária interface de uso, maior utilidade e melhoria na segurança. Esta nova geração de impressoras através do uso do novo aplicativo Printer3D da 3D Systems, permite que as impressoras sejam controladas remotamente usando o Ipad ou IPhone. Você pode controlar a impressora a partir de qualquer lugar, com os mesmos controles e funcionalidades que você teria direito na impressora proporcionando total liberdade de ir a qualquer lugar e permanecer ligado e no controle.

A impressora 3D CUBE é o mais novo lançamento da 3D Systems, são equipamentos destinados para uso doméstico e em pequenas empresas ou escritórios, possibilita qualquer pessoa transformar as suas ideias em algo físico e em cores vibrantes. CUBE é muito divertido, fácil de usar e portátil – basta ligar e imprimir.

Segundo Alexandre Magdalon – diretor de Vendas e Marketing do Grupo SEA: “O investimento em tecnologias de Impressão 3D tem sido bem aceito pelo mercado brasileiro e o retorno deste investimento é muito rápido devido a facilidade de antever e identificar falhas de projeto em suas fases iniciais. Além disto, montar bureau de serviços de impressão 3D, está atualmente classificada entre as 5 melhores oportunidades de negócio no Brasil. Para nós é uma grande satisfação estar participando deste momento da tecnologia, onde está havendo ampla divulgação nas principais mídias de comunicação no Brasil. É um mercado que cresce não menos do que 30% ao ano.”

 

A divisão SeaMETROLOGIA, estará apresentando as novas gerações de  máquinas de medição tridimensional Axiom Manual e CNC e Zenity CNC da parceira inglesa Aberlink3D, mostrando toda sua precisão, design compacto e alta tecnologia a um custo extremamente acessível, com opção de upgrade de Manual para CNC, demonstrando inspeções on-line e off-line, junto a seu software intuitivo PowerINSPECT versão 2013, simples de usar e de grande produtividade e eficiência, com toda compatibilidade com os demais produtos da família PowerSOLUTION da Delcam

Um produto que esta divisão está apostando bastante para a feira é a nova versão do PowerINSPECT OMV (On Machine Verification) da Delcam,  que permite verificação inicial das peças usinadas diretamente em qualquer máquina-ferramenta CNC ao invés de ter que transferir os mesmos para as Máquinas de Medição Tridimensional para inspeção. A principal vantagem é que os erros são descobertos onde podem ser corrigidos – na máquina-ferramenta. Os ciclos repetidos de usinagem e inspeção, intercalados com longos períodos de setup das máquinas são evitados, o que significa que os tempos globais de fabricação podem ser significativamente reduzidos. O benefício mais evidente do PowerINSPECT OMV é para essas empresas que não possuem capacidade de inspeção. As modernas máquinas-ferramenta CNC são fornecidas com cabeçotes de medição da Renishaw para assistir no setup dos trabalhos. Com PowerINSPECT OMV, este mesmo equipamento pode ser utilizado para verificação com um pequeno investimento extra. O OMV pode proporcionar significativos ganhos de tempo, permitindo maior controle e monitoramento de todos os estágios do processo de manufatura enquanto a peça estiver sendo usinada. Isto permite que os erros sejam detectados mais cedo e assim, corrigidos mais rapidamente e com menor custo. Por exemplo, é possível verificar que o montante correto de material deixado no componente após uma operação de desbaste, ao invés de ter que esperar que todas as operações de usinagem tenham sido concluídas antes de descobrir que um erro foi feito.